14 de nov de 2015

Google Maps tem navegação e pesquisa offline

É o próprio Google que o sublinha numa nota no seu blogue: perto de 60% do mundo não tem acesso à Internet, o que representa um enorme problema para quem pretende explorar o que se passa à sua volta em termos geográficos. A empresa anuncia agora que a sua app Google Maps vai permitir navegar e fazer pesquisas numa determinada zona mesmo sem que exista ligação online.

Com a actualização da app passa a ser possível descarregar uma determinada zona do mundo para o smartphone ou tablet e, na próxima vez que o utilizador não tiver acesso à Internet, o Google Maps vai continuar a funcionar e permitir navegar na área seleccionada.

Até aqui, o utilizador podia ver apenas uma área no mapa em que se encontrava da última vez que esteve online, mas agora é possível navegar nessa área. Como explica o Google, agora pode-se obter “indicações de direcção para condução, procurar destinos específicos, e encontrar informações úteis sobre lugares, como horários de funcionamento, informações de contacto ou classificações”, como um hotel ou restaurante, por exemplo.

A área seleccionada para navegar pode ser relativa a uma cidade, região ou país. Feita a escolha, o utilizador carrega em download no local digitado ou vai a Offline Areas (áreas offline) no menu do Google Maps e carrega no botão +. Assim que a zona estiver descarregada, o Google Maps passa automaticamente para modo offline quando reconhece que o utilizador está numa determinada zona com falhas de rede ou sem ligação à Internet.

Quando o smartphone ou tablet entram numa zona com ligação à web, o Google Maps volta ao modo online e abre caminho para uma navegação normal e completa. O Google aconselha os utilizadores a descarregar áreas quando existe ligação wi-fi para impedir custos elevados de dados.

Para já, esta actualização só está disponível para aparelhos Android, estando previsto que em breve seja alargada aos dispositivos iOS, não se sabendo se será até ao final deste ano.

Publico