7 de nov de 2015

Inaugurada nesta sexta-feira viagem em lancha rápida para a Ilha do Marajó


Cento e cinco passageiros fizeram a lotação da lancha rápida da Viação Tapajó, que faz a linha Belém-Soure, na viagem inaugural na manhã desta sexta-feira (6), com saída do Terminal Hidroviário de Belém. A nova linha é um desejo antigo dos usuários e um serviço rápido e seguro, fazendo o percurso de ida para Soure em duas horas, com saída de Belém às 8 horas e volta às 14h30.

A linha Belém-Arquipélago do Marajó faz parte da Agenda Mínima do Governo do Estado, e foi viabilizada e autorizada após negociações feitas desde o ano de 2010, por meio das secretarias de Transporte (Setran) e de Turismo (Setur), além da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon). A Viação Tapajós integra o grupo empresarial Ouro e Prata, do Rio Grande do Sul, estabelecido há sete anos na região oeste do Pará, com sede em Santarém. A autorização provisória de um ano para operar no trecho Belém-Soure-Belém foi entregue à empresa na tarde da quinta-feira (5), na sede da Arcon.

O veículo é feito em fibra de carbono, com dois cascos, tem capacidade para 132 passageiros sentados, poltronas confortáveis e numeradas, serviço de bar e lanchonete, todos os itens de segurança. Além disso, oferece tomadas para quem precisa recarregar aparelhos eletrônicos e um espaçoso bagageiro, no qual as bagagens ficam acondicionadas e em segurança.

A Viação Tapajós opera a linha Belém-Soure com viagens diárias e o diferencial de ancorar em trapiche próprio na cidade de Soure, que foi construído recentemente. No mês que vem, a expectativa da empresa é também passar a atender Salvaterra. Nesta sexta-feira, funcionários da Viação Tapajós fizeram uma visita técnica a Salvaterra para ver qual o melhor local, na orla da cidade, para que seja construído um porto semelhante ao de Soure.

A chegada da lancha a Soure foi saudada com fogos de artifício e um receptivo com dançarinos de carimbó. Mais tarde, a embarcação fez um serviço de rio tour pelo rio Paracauari, que banha as cidades de Soure e Salvaterra, levando convidados da empresa, como agentes de turismo e autoridades das duas cidades.

A empresa vai fazer em 20 dias o serviço de venda de passagens pela internet, cujo pagamento poderá ser feito com cartão de crédito. “A venda pela internet é o nosso diferencial, mas colocamos também no site uma pesquisa de satisfação, em que as pessoas poderão emitir opiniões sobre nossos serviços e opinar sobre os melhores horários que elas desejam para as viagens. Fazemos essa viagem em duas horas, e poderemos aumentar o número delas, caso haja demanda”, disse o representante da Viação Tapajós em Belém, Marcos Vinícius Neto.


Ele também enfatizou o cuidado da empresa com a viagem para Soure. “Muito nos falaram sobre a baía de Marajó ser quase indomável. Por isso a Viação Tapajós deslocou um engenheiro naval para Belém, que fez vários estudos de todas as especificidades dessa travessia. Após esse estudo, foi construída em nosso estaleiro próprio no Rio Grande do Sul uma lancha que chamamos de customizada, isto é, ela é feita para navegar aqui, segundo o comportamento de marés, ventos e correntezas. Essa lancha foi construída há um ano, o que, em se tratando de operação hidroviária, é quase como um carro zero quilômetro”, explicou Marcos Neto.

Serviço: a viagem Belém-Soure-Belém, via lancha rápida, sai todos os dias do Terminal Hidroviário de Belém (Rua Marechal Hermes, 910), às 8 horas, com volta às 14h30. Preço: R$ 48. Informações no site www.tapajosexpresso.com.br.



Dedé Mesquita
Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará