24 de nov de 2015

Monica Iozzi deixa 'Vídeo Show' em 2016: 'Não vou permanecer. Voltarei a atuar'

Apresentadora revelou que já se arrependeu de comentários polêmicos e não condena a nudez: 'Se precisar ficar nua em mais algum trabalho relevante, vou ficar'

O amor pela atuação é a causa do adeus de Monica Iozzi à bancada do programa "Vídeo Show". Após pedir publicamente um papel na novela de Walcyr Carrasco, a atriz e apresentadora contou à revista "Marie Claire" que não pretende comandar a atração em 2016 ao lado de Otaviano Costa.

"Estou com um projeto de voltar a atuar no ano que vem. Ainda não estou com uma data específica pra sair, mas não vou permanecer. Adoro apresentar o programa, porém meu coração bate acelerado quando estou no palco, gravando ou filmando. Ano que vem vou fazer dois filmes, mas ainda não tenho data fechada", explicou a artista.

Segundo a colunista Patricia Kogut, do jornal "O Globo", a atriz Leticia Lima, a funkeira Alisson na novela "A Regra do Jogo", está na mira da produção do programa para assumir o posto de Iozzi.

Ainda em entrevista à revista, ela afirma que seu jeito espontâneo é o fator que agrada o público na TV. "Acho que essa coisa de brincar, do improviso - que eu faço muito - surpreendeu as pessoas de maneira positiva. Durante um tempo foi uma coisa que me preocupou um pouco, porque, às vezes, falava e depois pensava: 'meu Deus, não precisava!' (risos). Essa espontaneidade aproxima e tira um pouco da glamurização da televisão".

Monica se solta nas redes sociais e é alvo de críticas: 'Às vezes me arrependo'

Sem temer expor sua opinião sobre vários assuntos, Monica já causou nas redes sociais fazendo declarações polêmicas, como na ocasião em que desejou que uma bala perdida encontrasse o presidente da Câmara Eduardo Cunha, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. "Nas redes sociais não estou trabalhando como atriz ou apresentadora. Sou eu, Monica, pessoa física. Não quero deixar de falar coisas porque estou na TV. Sempre vai ter alguém que interpreta da maneira errada e de vez em quando sou mal compreendida por usar muito a ironia. Mas é claro que, às vezes, me arrependo e mudo de ideia".

As críticas que faz nas redes sociais também já lhe renderam uma saia justa. Após alfinetar o trabalho das Panicats, integrantes do elenco do "Pânico na Band", ela foi abordada pessoalmente pelas assistentes de palco do programa, que tiraram satisfação sobre a opinião exposta no Instagram. "Não (sou contra mulheres que fazem esse tipo de trabalho). É maravilhoso termos chegado num ponto em que as mulheres são donas dos próprios corpos. Já fiquei nua no teatro e se precisar ficar nua em mais algum trabalho relevante, vou ficar. Se me der a louca no Carnaval, saio nua. Minha crítica não é moralista".

E explica o motivo do post em sua conta do Instagram: "Critiquei um quadro específico, em que as meninas ficam de biquíni de quatro e eles filmam por trás - com um close quase ginecológico. Não vejo elas à vontade e acho uma condição humilhante. Como mulher, me machuca e me incomoda. Uma delas até concordou comigo em off".

Iozzi faz sucesso com os galãs da emissora e já realizou o sonho de receber uma visita de Cauã Reymond, que apareceu no estúdio usando uma colera com o nome da apresentadora estampado. A irreverência também conquista os telespectadores. Na última semana, ela se esbaldou dançando ao lado de Joelma, recém-separada do guitarrista Chimbinha.

Purepeople