4 de mar de 2016

Meu querido aedes aegypti

Em Castanhal a prefeitura distribuiu vários recipientes de coleta para garrafas pet que serão usadas no final do ano como enfeites natalinos nos postes e praças da cidade através do projeto "Meu querido natal".

O projeto tem como meta reciclar garrafas pet e transforma-los em árvore, presentes, bolas e outros enfeites natalinos, porém os depósitos fornecidos pela prefeitura são totalmente inadequado quando se trata de mosquito da dengue, começando pelo adesivo onde é exibido uma garrafa sem tampa.

No condomínio Super Life encontramos depósitos com, além das garrafas pet sem tampa e sujas de refrigerante, latas, copos e garrafas de vidro, dois casos de dengue foram confirmados e um de Zika em uma criança. dentro do condomínio,


os moradores informaram que não receberam nenhum treinamento e por isso jogam garrafas pet sem tampa e com resíduo de sucos, refrigerantes e outros líquidos, o açúcar contidos nessas bebidas acaba atraindo, moscas, abelhas, baratas e outros insetos. 


O depósito não possui tampa facilitando a entrada desses insetos e com a chuva os recipientes e as garrafas pet depositadas sem tampa, tornam-se um verdadeiro berçário para o mosquito  aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.


Não existe até o momento nenhuma informação de que os depósitos serão substituídos por outro mais adequados, A nossa equipe tentou entrar em contato com a prefeitura, mas ninguém soube dar informações.