Pará Tem - Portal de notícias

Portal de notícias que podem ser compartilhadas no Facebook, Twiter whatsapp e outras redes sociais.

23 de jan. de 2019

Este novo drone acessível é a invenção mais incrível de 2019

Esse Quadricóptero Acessível Está Levando Empresas de Drones Caros Para Fora dos Negócios.
Imagine ter um mini drone dentro do seu bolso para usar de diversas maneiras, desde tirar selfies incríveis até filmar vídeos em HD da sua vida cotidiana. Isso está realmente acontecendo! Com alguns cliques em um botão, você pode pilotar seu DroneX Pro a partir do seu smartphone. Qualquer um pode fazer isso. As pessoas estão usando para tirar “as selfies definitivas” e os resultados são incríveis

Especialistas concordam que este drone provavelmente vai mudar a indústria de drones para sempre.

O DroneX Pro usa a mesma tecnologia das marcas caras, mas custa apenas uma fração do preço delas. É por isso que ele é um dos drones com vendas mais rápidas de todo o mundo. Na última semana, mais de 55 mil unidades foram vendidas, e a demanda continua crescendo. Até o fabricante ficou completamente surpreso e anunciou que, assim que acabar o estoque, eles não conseguirão mais enviar até o início de 2019.

O que faz a versão 2018 do DroneX Pro ser tão revolucionária?
O DroneX Pro foi desenvolvido por dois engenheiros que amam drones. Eles descobriram que os drones que eles tinham eram muito pesados, extremamente difíceis de pilotar e difícil de levar em viagens.

Por isso, eles desenvolveram esse drone ultracompacto, leve e fácil de pilotar, tudo isso sem sacrificar nenhum dos principais benefícios de um modelo top.


E esta é a melhor parte: o DroneX Pro é supersimples de pilotar! O controle remoto articulado de 2,4 GHZ é incrível e extremamente intuitivo.

Além de ter um visual de dar inveja, o controle remoto é equipado com suportes articulados onde você pode colocar seu smartphone.
Uma maravilha da engenharia e do design, o DroneX Pro foi construído para ir para onde quer que a sua aventura te leve. Herdando o melhor da série DroneX, esse drone ultraportátil e dobrável conta com desempenho de voo e funcionalidades de alta qualidade para explorações sem limites.

Com o DroneX Pro, você irá fazer vídeos e fotos impressionantes em HD da sua próxima aventura. Ele tem todas as funcionalidades necessárias para satisfazer os profissionais, mas é extremamente simples de pilotar e controlar, até mesmo para completos iniciantes.

Por que o DroneX Pro é tão popular?
Você pode capturar fotos em 360 graus no ar apenas com o clique de um botão. Você também pode dar um Replay das suas aventuras épicas em câmera lenta de alta definição.
Ele tem o mesmo tamanho de um smartphone grande. Combine isso com os seus propulsores dobráveis e você provavelmente terá o drone mais portátil do mundo. Ele cabe confortavelmente em qualquer bolso ou bolsa!

Esse drone é tão intuitivo de se usar e tem tantas funcionalidades anticolisão instaladas que você pode entregá-lo para que uma criança o controle, depois que ele estiver no ar por apenas alguns minutos. Ele é equipado com sensores de gravidade que detectam o chão e outros obstáculos, e muda o curso de voo automaticamente para evitar colisões.


Quando pilotar é muito fácil, você pode se concentrar totalmente em capturar cenas impressionantes. Filme a natureza, amigos e até você mesmo em qualidade HD espetacular!

O DroneX Pro é o drone mais rápido de seu tamanho, voando a uma velocidade de até 19 metros por segundo com uma distância máxima de transmissão de 4km.


Conclusão: Vale a pena?
Um drone de tamanha qualidade por esse preço nos faz dizer que definitivamente sim! Pense apenas nas fotos e vídeos espetaculares que você pode fazer com o DroneX Pro. Mesmo a simples diversão de pilotar um drone já faz valer a pena. Se você nunca pilotou um drone, esse é o momento em que você deveria começar!



4 de dez. de 2018

Economia solidária em tempos de crise

Crise é a palavra mais ouvida em 2016. Saúde, educação, segurança, inflação, obras, emprego, comércio, indústria - não há setor à margem do tsunami político e econômico que se abateu sobre o país. Reações ao quadro calamitoso se dividem em dois polos. Um: de desânimo.  Uns não enxergam saída a curto prazo. Preferem dar tempo ao tempo. Esperam que a eleição de 2018 traga novos ventos. 

O outro: de luta. Os membros desse grupo pensam como os chineses. Apagam a letra s da palavra crise. Transformam-na em crie. Enxergam no ciclo que se abre oportunidade para inovar, buscar saídas para problemas velhos. Assumem o protagonismo antes entregue ao governo. Se o Estado faliu, incapaz de dar respostas satisfatórias às urgências dos cidadãos, a sociedade pode - e deve - assumir o protagonismo.



Exemplos sobressaem Brasil afora. Dois verbos - compartilhar e economizar - encabeçam as iniciativas. Pais se organizam para dividir carona. Famílias se associam para compras no atacado e, assim, obter desconto no total a pagar. Moradores de casas plantam horta e dividem a colheita com vizinhos e amigos. As redes sociais divulgam receitas para aproveitar cascas e talos de hitifrútis que normalmente seriam destinados ao lixo. 

Há grupos que aproveitam alimentos que seriam descartados por grandes distribuidoras em razão da aparência ou do prazo próximo do vencimento, para distribuí-los a famílias e instituições carentes. Ceasas, supermercados e atacadistas são fonte de toneladas de variados produtos que, há muito, se tornaram ingredientes que frequentam a mesa de trabalhadores, estudantes e donas de casa. 

Vale lembrar o exemplo do Instituto de Pesquisas e Estudos Aplicados à Sociedade (Ipeas). A associação, voltada para o combate à fome, recolhe em supermercado alimentos considerados impróprios para o comércio. São cerca de sete toneladas diárias de frutas, verduras, legumes, produtos com embalagem danificada que, triados e classificados, garantem a refeição de populações pobres.

Roberto Campos costumava dizer que a tragédia do Brasil é ser país produtor de banana. A fruta, que não exige investimento para ser cultivada nem esforço para ser colhida, teria forjado pessoas esbanjadoras. Talvez. Mas, tenha ou não tenha razão, o embaixador, famoso pela ironia, focou uma característica nacional. Sem ter sido educado para poupar e compartilhar, o brasileiro precisa incorporar novo paradigma. A crise ensina lição da economia solidária.

Fonte: Diário de Pernambuco

20 de nov. de 2018

Pará conquistam medalhas na Copa Internacional de Kung !

O Pará conquistou quatro medalhas durante a Copa Internacional de Kung Fu, realizado no último final de semana, em São Paulo (SP), onde atletas de vários países do mundo.

Renan Felizardo e Rafael Macedo integraram a seleção brasileira e conquistaram três medalhas de ouro e uma de prata, onde Renan conquistou o bicampeonato da competição na categoria wushu, enquanto que Rafael garantiu medalhas na categoria sanda, em sua primeira participação no torneio.

Os dois receberam apoio dos familiares e amigos, além do Corinthians-SP, equipe que recebeu os paraenses no apoio.

Nos próximos dias, os dois atletas chegam a Belém para serem recebidos com festa pelos familiares e amigos.


Fonte: Dol

24 de ago. de 2018

UFPA abre 50 vagas para especialização em tecnologia cervejeira

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará (Itec/UFPA) está com inscrições abertas para a especialização em tecnologia cervejeira. No total, são ofertadas 50 vagas com a finalidade de atender demanda voltada ao mercado de produção de cervejas artesanais.

Para se candidatar às vagas, os estudantes devem ter graduação nos cursos de Química, Física, Tecnologia de Alimentos, Engenharias (Química, de Produção, de Alimentos, de Bioprocessos, Mecânica, Civil e outras), Biologia, Biotecnologia, Gastronomia, Nutrição, Administração, Economia e áreas afins.

Como se inscrever

Os estudantes interessados em ocupar as vagas podem se inscrever no site da Fadesp, até o dia 20 de setembro de 2018. Além disso, os candidatos devem pagar uma raxa no valor de R$ 100.

Após o pagamento, é necessário enviar o comprovante e a documentação exigida no edital para o e-mail tecnocervaufpa@gmail.com com o título "Documentos para inscrição". Outra opção é que os documentos sejam entregues diretamente no Laboratório de Caracterização de Materiais na Mineração, Metalurgia e Siderurgia ((Matcam-Proderna-Itec/UFPA), que fica localizado no 1º andar, sala 101, do setor profissional, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Investimento

Como é autofinanciável, a especialização exige investimento de dezoito parcelas de R$ 750,00 mais matrícula de R$ 400,00. Conforme o edital, 30% (15 vagas) serão destinadas à demanda social, para atendimento gratuito de servidores da UFPA e alunos egressos da UFPA ou de outras instituições que não estejam no mercado de trabalho.

Seleção

Os estudantes serão selecionados a partir do currículo Lattes, com divulgação do resultado às 18h do dia 26 de setembro. As aulas terão início em outubro e deverão encerrar em janeiro de 2020, cumprindo carga horária de 660 horas.

A formação também permitirá que o aluno tenha domínio de todo o processo produtivo da cerveja, mantendo padrões de qualidade para a otimização e inovação da fabricação artesanal.

Fonte: Dol

5 de ago. de 2018

Católicos boicotam novela Jesus em defesa da virgindade de Maria

Ponto de contradição entre evangélicos e católicos, a sexualidade de Maria incomodou seguidores da Igreja Romana durante a exibição do capítulo desta quinta-feira da novela Jesus, da Record. Para os católicos, Maria sempre foi virgem. Cristo foi concebido pela graça do Espírito Santo. Já os evangélicos creem que Maria teve outros filhos — pelas vias naturais — com o marido, o carpinteiro José. Nesta quinta, o folhetim bíblico mostrou o retorno de Maria e José à Galileia, depois do exílio no Egito, onde se refugiaram para salvar Jesus do infanticídio promovido por Herodes.

Na cena, o casal carrega o messias e outras duas outras crianças, Tiago e José, refutando a ideia de que Maria se manteve intacta por toda a vida. Nas redes sociais, seguidores da fé católica criticaram a escolha dos roteiristas de abraçar a versão evangélica da personagem.

 Serviços Excelência - Soluções Empresariais
“Aquele Jesus é o Jesus da Universal, não é o Jesus das Escrituras; é o Evangelho segundo Edir Macedo e seus espúrios interesses”, escreveu o bispo Dom Henrique Soares da Costa em carta aberta no Facebook. “Quanto à Toda Santa Mãe de Deus, odiada pelos inimigos de Cristo e por Satanás, aquela Maria da Record, não tem nada a ver com ela! Um católico que assiste àquilo peca gravemente, pois denigre o que é de Deus, o que é sagrado, é coisa fina! Você veria um filme que denegrisse sua mãe e mentisse sobre sua família?”

o tradutor e linguista português Frederico Lourenço explica as sutilezas da tradução da Bíblia, entre elas esta passagem. No fim do século IV, São Jerônimo, autor da Vulgata — a tradução latina das Escrituras que por séculos foi a única autorizada pela Igreja Católica —, cravou a ideia de que a palavra grega adelphoi seria vaga e assim poderia designar “primo”. Lourenço, que não segue nenhuma fé específica, não concorda com São Jerônimo e ressalta que adelphoi significa apenas “irmão”. 

Fonte: Veja

4 de ago. de 2018

Cantor que chamou Jesus de "bicha" e “travesti” sofre acidente grave e fica à beira da morte



Uma das ‘celebridades’ mais polêmicas do momento, o cantor Johnny Hoocker estaria a beira da morte.

O cantor, que chama Jesus de "bicha" e “travesti” em seus shows, estaria partindo dessa para outra. Segundo informações, Ele teria sofrido um acidente de carro na tarde desta sexta-feira e estaria internado em estado gravíssimo. As informações foram divulgadas nas redes do próprio cantor, mas, obviamente, por outra pessoa.

Polêmica: Na noite do dia 28 de julho, no Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco, o cantor Johnny Hoocker durante seu show afirmou que "Jesus é transexual sim, Jesus é bicha sim, porra!”, além de ter puxado o coro “ih, ih, ih, Jesus é travesti“.

Um homem, que se apresentou como assessor do cantor Johnny Hoocker, contou sobre o acidente de carro e pediu orações.

Vale lembrar, que o cantor já insultou a Jesus Cristo, Evangélicos e cristãos em outros shows, que até, um advogado exige a sua prisão.

Vídeo do resgate do acidente:


Fonte: www.gshowplay.com

Bolsonaro impõe à Rede Globo a maior humilhação da história da Televisão


O presidenciável Jair Bolsonaro, líder de todas as pesquisas eleitorais, foi o sabatinado desta sexta-feira (03) na GloboNews, canal de notícias da Rede Globo. Como é comum nas entrevistas com Bolsonaro, que é capitão do Exército, o tema descambou para o Regime Militar de 1964. Bolsonaro alegou que o regime de 64 teve amplo apoio popular, inclusive da imprensa e citou o emblemático editorial do Jornal ‘O Globo’ assinado por Roberto Marinho no Dia 1° de Abril de 1964 parabenizando os militares por intervir no país e resolver a crise política em que o Brasil se encontrava.
O Jornalismo da GloboNews, claramente com viés esquerdista, ficou tão irritado que ao final do programa resolveu fazer pedir um ‘direito de resposta’ para contestar a opinião do próprio fundador e alma da Rede Globo.

Bolsonaro obrigou os jornalistas da Rede Globo mancharem e metaforicamente cuspirem na história e legado do fundador da empresa.

Pelo ponto eletrônico, Miriam Leitão repetiu gaguejando uma nota da emissora afirmando que num editorial de 2013 (Roberto Marinho já havia falecido) o jornal – provavelmente por pressão do governo Dilma – pedia desculpas por ‘ter apoiado o Golpe de 64’, um editorial que não muda em nada os fatos relatados por Bolsonaro,  já que na ocasião Roberto Marinho já havia falecido.

Imediatamente milhares de comentários na internet ridicularizam o jornalismo da Globonews. A Globo news foi exposta ao ridículo.

A Globo passou pela maior humilhação da sua história.

Confira o papelão da Globo News:


Fonte: republicadecuritiba.net